As ações da China subiram nesta segunda-feira, com uma forte recuperação das empresas blue-chips compensando perdas no setor de tecnologia, altamente valorizado, já que sinais de desaceleração do crescimento econômico alimentavam esperanças de um novo afrouxamento da política monetária.

O índice CSI300, que reúne as maiores companhias listadas em Xangai e Shenzhen, avançou 1,3%, enquanto o índice de Xangai teve alta de 1%.

A inflação ao produtor da China saltou 9% em julho, avançando a ritmo mais rápido em relação ao mês anterior e acima das expectativas, elevando as preocupações sobre uma economia que está perdendo ímpeto de recuperação.

“Esperamos outro corte de 50 pontos-base na taxa de compulsório este ano, enquanto a emissão de títulos do governo local pode acelerar nos próximos meses para apoiar o investimento em infraestrutura”, escreveu o Morgan Stanley, citando a necessidade de mais apoio para estabilizar o mercado de trabalho.

. Em TÓQUIO, o índice Nikkei permaneceu fechado.

. Em HONG KONG, o índice HANG SENG subiu 0,40%, a 26.283 pontos.

. Em XANGAI, o índice SSEC ganhou 1,05%, a 3.494 pontos.

. O índice CSI300, que reúne as maiores companhias listadas em XANGAI e SHENZHEN, avançou 1,30%, a 4.985 pontos.

. Em SEUL, o índice KOSPI teve desvalorização de 0,30%, a 3.260 pontos.

. Em TAIWAN, o índice TAIEX registrou baixa de 0,23%, a 17.485 pontos.

. Em CINGAPURA, o índice STRAITS TIMES não teve operações

. Em SYDNEY o índice S&P/ASX 200 ficou estável, a 7.538 pontos.

Quer receber notícias do 6 Minutos direto no seu celular? Estamos no Telegram (t.me/seisminutos) e no WhatsApp (https://6minutos.uol.com.br/whatsapp).