Atualizado às 18h11

O Ibovespa seguiu o bom humor internacional, influenciado pelos dados fortes de emprego nos Estados Unidos e pelos balanços corporativos de empresas brasileiras. Dentre os setores que se destacaram no pregão desta sexta-feira (5) estão as varejistas e as aéreas.

Das cinco maiores altas do Ibovespa, a primeira posição é ocupada pela PetroRio, seguido de duas varejistas (Magazine Luiza e Via) e duas companhias aéreas (Gol e Azul).

A petroleira fechou em alta de 17,87%, depois de anunciar que os consórcios em que participa foram escolhidos para começar as negociações exclusivas dos termos finais para a compra dos campos de Albacora e Albacora Leste, da Petrobras.

Segundo a petroleira, há a possibilidade de haver uma oferta final sobre os ativos, na bacia de Campos, o que ajudou numa disparada das ações. “A empresa está preparadíssima para crescer. O que estamos vendo pode se perpetuar nos próximos anos, não é uma alta de curtíssimo prazo. O potencial de crescimento da PetroRio é bastante significativo”, afirma Bruce Barbosa, sócio-fundador da Nord Research.

Na sequência, aparecem as ações do Magazine Luiza e da Via, que subiram 12,27% e 10,79%, respectivamente. As varejistas estão aproveitando o cenário mais positivo para recuperar parte das perdas dos últimos dias. Os papéis foram bastante prejudicados pelo aumento do risco fiscal, pela elevação da Selic e pela perspectiva de uma inflação mais forte e duradoura que a esperada inicialmente.

A sessão desta sexta foi de recuperação para ações relacionadas ao e-commerce, tendo de pano de fundo resultado do Mercado Livre, divulgado na véspera, com alta de quase 30% no volume de vendas sobe a métrica GMV. Os papéis do Mercado Livre, listados em Nasdaq, nos Estados Unidos, subiam 5,31%.

As aéreas ocuparam a quarta e quinta maiores valorizações do índice. Azul ganhou 8,27% e Gol, 8,16%. Os papéis da CVC subiram menos: 5,34%.

A notícia de que um comprimido desenvolvido pela Pfizer teve eficácia de 89% na redução de risco de internação ou morte em casos de covid-19 pode ter sido um dos motivos que animaram o setor de turismo, que foi fortemente prejudicado pela pandemia.

Outra notícia a que os investidores estiveram atentos é o balanço da Embraer, que trouxe resultados positivos. Segundo o Itaú BBA, houve um aumento no segmento comercial em comparação ao ano passado e as margens de operações superaram as expectativas.

As ações da Embraer subiram 6,45%, depois de reduzir o prejuízo no terceiro trimestre e observar “melhora significativa” em seu fluxo de caixa na comparação anual. A fabricante de aviões também revisou para cima sua projeção para o fluxo de caixa em 2021.

(Com Reuters)

Quer receber notícias do 6 Minutos direto no seu celular? Estamos no Telegram (t.me/seisminutos) e no WhatsApp (https://6minutos.uol.com.br/whatsapp).