Após tombo, bolsa sobe 1,27% com cenário externo e Petrobras; dólar fica quase estável

  • 2 min
, 6 Minutos - São Paulo
29/10/2020 - 17:49

Após o tombo de ontem, o Ibovespa teve um pregão positivo nesta quinta-feira (dia 29), puxado pela melhoria dos mercados internacionais e por Petrobras e Vale. A bolsa fechou em alta de 1,27%, a 96.582 pontos.

O dólar encerrou o dia em alta de 0,03%, a R$ 5,76.

O que aconteceu com a bolsa e o dólar? O Ibovespa fechou em alta de mais de 1% , acompanhando a recuperação de Wall Street e com uma bateria de resultados e perspectivas corporativas sob os holofotes.

As ações dos Estados Unidos encerraram em alta, com os papéis pesos pesados de tecnologia recuperando-se antes da divulgação de balanços e dados econômicos domésticos mais favoráveis acalmando o nervosismo dos investidores.

Além disso, os resultados da Petrobras, apesar do prejuízo do terceiro trimestre,  foram considerados melhor do que o esperado por analistas, e as ações da estatal, que possui um peso importante no índice, subiram quase 4%. A Vale, que também divulgou balanço ontem, teve alta de quase 3%.

Nesta quarta, o principal índice brasileiro fechou com a maior queda diária percentual desde abril (-4,22%), devolvendo boa parte dos ganhos de outubro. O cenário negativo se deve ao crescimento de casos de Covid-19 no mundo e o temor de que uma segunda onda resulte em novas medidas de confinamento, complicando, assim, a recuperação das economias.

Maiores altas:

Cogna (+ 6,82%)

Rumo (+ 4,56%)

Fleury (+ 4,50%)

Maiores baixas:

Ambev (- 3,59%)

Atacadão (- 2,54%)

Ezetec (- 2,26%)

(Com a Reuters)

Quer receber notícias do 6 Minutos direto no seu celular? Estamos no Telegram (t.me/seisminutos) e no WhatsApp (https://6minutos.uol.com.br/whatsapp).

Autoria

Repórter

Jornalista com passagem pelo Valor, Folha e Brasil Econômico. Desde sempre apaixonada por fazer reportagens de economia. Mãe da Catarina.