O Bitcoin voltou a ser negociado em queda nesta terça-feira (25). A criptomoeda caiu 4,6%, a US$ 37.250, após um salto de 16% ontem. O Bloomberg Galaxy Crypto Index, que considera as principais moedas digitais, também opera em queda.

O bitcoin vem apresentando forte volatilidade nos últimos dias após Elon Musk, o bilionário dono da Tesla, criticar o uso excessivo de energia elétrica para a mineração da moeda. O aumento da retórica regulatória sobre as criptomoedas da China também pressionou o setor.

“Se o mercado continuar a ver oscilações violentas com base nos tweets de Elon Musk, será um grande retrocesso para esta classe de ativos”, disse Matt Maley, estrategista-chefe de mercado da Miller Tabak + Co. “O fato de ver isso balançar para os tweets de uma pessoa tira a legitimidade da classe de ativos.”

As promessas de tornar a indústria mais verde aumentaram desde as críticas de Musk. Vários mineradores aderiram ao Crypto Climate Accord, uma iniciativa do setor privado para descarbonizar a criptografia até 2030.

Musk e Michael Saylor, outro impulsionador do Bitcoin de longa data, tweetaram na segunda-feira que realizaram uma ligação com grandes mineradoras norte-americanas, incluindo o Galaxy Digital de Michael Novogratz e a Hut 8 Mining Corp.

Saylor disse que o grupo concordou em formar o Bitcoin Mining Council “para padronizar os relatórios de energia”.

A iniciativa de Musk e Saylor de tornar o Bitcoin “mais ecológico” é um bom presságio para a narrativa ESG e adoção institucional ”, escreveu David Grider, estrategista da Fundstrat Global Advisors LLC, em uma nota.

Ao mesmo tempo, muitos dos maiores mineradores levarão anos para recalibrar onde fornecem sua energia.

O uso pesado de energia do Bitcoin por meio de combustíveis fósseis poluentes é um problema antigo. Os mineradores usam centenas de computadores que funcionam 24 horas por dia para verificar as transações de Bitcoin em troca de novas moedas.

Apesar disso, Musk em fevereiro colocou $ 1,5 bilhão do dinheiro corporativo da Tesla no token e disse que a fabricante de veículos elétricos iria aceitá-lo como pagamento pelos veículos, antes de rescindir a última decisão no início de maio.

Quer receber notícias do 6 Minutos direto no seu celular? Estamos no Telegram (t.me/seisminutos) e no WhatsApp (https://6minutos.uol.com.br/whatsapp).