No início do pregão, os investidores ficaram animados com o balanço do terceiro trimestre da gestora de concessões de infraestrutura Ecorodovias, divulgado na segunda-feira (25). A empresa anunciou um lucro líquido de R$ 143,7 milhões, o dobro do obtido um ano antes, quando o setor foi diretamente impactado pelo isolamento social.

No entanto, as ações que subiam mais de 1% viraram a tendência e caem 0,46%. A companhia também divulgou lucro antes de juros, impostos, depreciação e amortização (Ebitda) de R$ 636,4 milhões em termos ajustados, avanço anual de 20,6%. A margem do período passou de 68,4% para 69%.

A XP afirma, em relatório, que o resultado veio em linha com as expectativas. “Do lado positivo, destacamos a melhoria contínua do tráfego. Do lado negativo, notamos uma contração da margem Ebitda para concessões rodoviárias maduras, apesar das melhorias de receita, refletindo alguma pressão de custos durante o ano”, afirma relatório da XP.

A margem Ebitda citada pela empresa é um indicador que mede a eficiência operacional de uma empresa.

(Com Reuters)

Quer receber notícias do 6 Minutos direto no seu celular? Estamos no Telegram (t.me/seisminutos) e no WhatsApp (https://6minutos.uol.com.br/whatsapp).