Receita Federal liberou hoje a consulta ao segundo lote da restituição do Imposto de Renda de 2021 (ano-base 2020). Quem estiver neste lote, receberá o pagamento no dia 30 de junho, quarta-feira da próxima semana.

Se você não foi contemplado no 2º lote, certamente se deparou com mensagem indicando que a sua declaração está “em processamento”, “em fila de restituição” ou “com pendencias”.  Isso porque são vários os estágios de análise que o documento passa após ter sido enviada pelo contribuinte à Receita.

Como consultar a restituição? Para saber se você está incluso no 2º lote de restituição, acesse o site da Receita Federal e insira seus dados pessoais. A consulta também pode ser feita no aplicativo Meu Imposto de Renda.

Quais mensagens o site de consulta pode dar?

  • Em fila de restituição
  • Em processamento
  • Processada
  • Com pendências
  • Em análise
  • Retificada
  • Cancelada
  • Tratamento manual

O que significa cada uma dessas respostas?

  • Em fila de restituição: o documento foi processado e tem direito a restituição. O contribuinte deve aguardar os próximos lotes.
  • Em processamento: indica que a declaração foi recebida, mas o processamento ainda não foi concluído.
  • Processada: a declaração foi recebida e teve seu processamento concluído.
  • Com pendências: no processamento da declaração foram encontradas pendências em relação a alguma informação e que o contribuinte deve regularizá-las para evitar que caia na malha fina.
  • Em análise: acontece em duas situações:
    1- a declaração foi recebida, está na base de dados da Receita e aguarda a apresentação de documentos solicitados.
    2- a declaração ainda não foi processada, pois espera o fim da análise de documentos entregues pelo contribuinte.
  • Retificada: a declaração anterior foi substituída integralmente por declaração retificadora apresentada pelo contribuinte.
  • Cancelada: a declaração foi cancelada por interesse da administração tributária ou solicitação do contribuinte.
  • Tratamento manual: a declaração está sendo analisada por um servidor e o contribuinte deve aguardar correspondência da Receita.

Quantos lotes de restituições serão pagos?

Neste ano serão cinco lotes. As restituições começaram a ser pagas em maio, de acordo com o cronograma abaixo:

  • 1º lote: 31 de maio
  • 2º lote: 30 de junho
  • 3º lote: 30 de julho
  • 4º lote: 31 de agosto
  • 5º lote: 30 de setembro

Leia também: Entregou a declaração com erro? Veja quando fazer uma retificadora do Imposto de Renda

Quer receber notícias do 6 Minutos direto no seu celular? Estamos no Telegram (t.me/seisminutos) e no WhatsApp (https://6minutos.uol.com.br/whatsapp).