Receita Federal liberou nesta sexta-feira (23) a consulta ao terceiro lote de restituição do Imposto de Renda. O dinheiro será pago em 30 de julho.

Esse será o maior lote de restituição da história em número de contribuintes. Ao todo, 5 milhões de contribuintes receberão R$ 5,8 bilhões.  Do total, 4.913.343 contribuintes entregaram a declaração até 18 de maio.

O restante tem prioridade legal, sendo 13.985 contribuintes idosos acima de 80 anos, 95.298 contribuintes entre 60 e 79 anos, 8.987 contribuintes com alguma deficiência física ou mental ou moléstia grave e 36.616 contribuintes cuja maior fonte de renda seja o magistério.

Como consultar? Para saber se você está incluso no 3º lote de restituição, acesse o site da Receita Federal e insira seus dados pessoais. A consulta também pode ser feita no aplicativo Meu Imposto de Renda, disponível para Android e iOS.

A consulta no site permite a verificação de eventuais pendências que impeçam o pagamento da restituição – como inclusão na malha fina. Caso uma ou mais inconsistências sejam encontradas na declaração, é necessário enviar uma declaração retificadora e esperar os próximos lotes.

Onde vou receber o dinheiro? A restituição será depositada na conta bancária informada na Declaração de Imposto de Renda. Se, por algum motivo, o crédito não for realizado, como no caso de conta informada desativada, os valores ficarão disponíveis para resgate por até um ano no Banco do Brasil.

Calendário de restituição do IR 2021

As restituições começaram a ser pagas em maio, de acordo com o cronograma abaixo:

  • 1º lote: 31 de maio
  • 2º lote: 30 de junho
  • 3º lote: 30 de julho
  • 4º lote: 31 de agosto
  • 5º lote: 30 de setembro

(Com Agência Brasil)

Leia também: Entregou a declaração com erro? Veja quando fazer uma retificadora do Imposto de Renda

Quer receber notícias do 6 Minutos direto no seu celular? Estamos no Telegram (t.me/seisminutos) e no WhatsApp (https://6minutos.uol.com.br/whatsapp).