Os contribuintes que receberam o auxílio ou o BEm (Benefício Emergencial de Preservação do Emprego e da Renda) em 2020 precisam declarar esses valores na declaração do Imposto de Renda de 2021.

No caso do auxílio emergencial, o contribuinte só tem a obrigação de fazer a declaração se recebeu rendimentos tributáveis acima de R$ 22.847,76 no ano passado.

No caso do BEm, que pagou uma indenização a pessoas que tiveram redução de salário ou suspensão do contrato, o contribuinte deve ver se o seu caso se encaixa nas regras de obrigatoriedade, como ter recebido rendimentos tributáveis acima de R$ 28.559,70.

Em live do 6 Minutos, Felipe Coelho, gerente sênior de Impostos da EY, explicou como declarar esses dois benefícios. Veja abaixo:

Auxílio emergencial

Onde declarar? O valor do auxílio deve ser informado na ficha “Rendimentos Tributáveis Recebidos de Pessoas Jurídicas”.

Qual CNPJ devo informar? A fonte pagadora é Auxílio emergencial – COVID 19 e o CNPJ que deve ser informado é o 05.526.783/0003-27.

Não recebeu o contribuinte? Ele deve ser obtido no endereço https://consultaauxilio.cidadania.gov.br/consulta/#/

Ficha de declaração de IR/Reprodução

Benefício emergencial

Onde declarar? O valor do benefício deve ser informado na ficha “Rendimentos Tributáveis Recebidos de Pessoa Jurídica”.

Qual CNPJ informar? Nesse caso, a fonte pagadora é Benefício Emergencial de Preservação do Emprego e da Renda e o CNPJ é 00.394.460/0572-59.

Como saber que valor informar? O contribuinte deve acessar o aplicativo Carteira de Trabalho Digital ou consultar a sua fonte pagadora (empregador).

Benefício emergencial

Ajuda compensatória

Essa ajuda compensatória é paga pelo empregador e é isenta de impostos.

Onde declarar? “Na ficha Rendimentos Isentos e Não Tributáveis, no item 26 – Outros       .

Qual CNPJ informar? O CNPJ da empresa que pagou esta ajuda (sua empregadora).

Quer saber mais? Veja live em que Coelho explica tudo:

 

Quer tirar suas dúvidas sobre o Imposto de Renda de 2021? Mande sua pergunta por e-mail (faleconosco@6minutos.com.br), Telegram (t.me/seisminutos) ou WhatsApp (https://6minutos.uol.com.br/whatsapp).