O Índice de Gerentes de Compras (PMI, na sigla em inglês) composto da Zona do Euro, que engloba os setores industrial e de serviços, caiu de 51,9 em agosto para 50,1 em setembro, atingindo o menor nível em três meses, segundo dados preliminares divulgados nesta quarta-feira pela IHS Markit.

A leitura marginalmente acima de 50 mostra que a atividade do bloco está praticamente estagnada neste mês. O resultado também ficou abaixo da expectativa de analistas consultados pelo The Wall Street Journal, que previam queda do indicador a 51,6.

Apenas o PMI de serviços da zona do euro recuou de 50,5 em agosto a 47,6 em setembro, tocando o menor patamar em quatro meses. Neste caso, a projeção do mercado era de ligeira baixa a 50,4. Além disso, a estimativa abaixo de 50 aponta contração no setor de serviços.

Já o PMI industrial do bloco avançou de 51,7 para 53,7 no mesmo período, atingindo o maior nível em 25 meses. O consenso era de leve alta a 51,9.

Quer receber notícias do 6 Minutos direto no seu WhatsApp? É só entrar no grupo pelo link: https://6minutos.uol.com.br/whatsapp.