(Reuters) – A WeWork teve prejuízo de 3,2 bilhões de dólares no ano passado, de acordo com documentos mostrados a investidores em potencial pela companhia de compartilhamento de escritórios que tenta captar 1 bilhão de dólares e listar ações no mercado, publicou o Financial Times nesta segunda-feira.

Os documentos descrevem prejuízo de 3,5 bilhões de dólares em 2019 e que a empresa planeja abrir o capital com uma avaliação de 9 bilhões de dólares, incluindo dívidas, por meio de uma fusão com uma empresa de aquisição de propósito específico (SPAC), diz a reportagem.

A WeWork se recusou a comentar a notícia.

(Por Uday Sampath)

Quer receber notícias do 6 Minutos direto no seu celular? Estamos no Telegram (t.me/seisminutos) e no WhatsApp (https://6minutos.uol.com.br/whatsapp).