Viagens e valorização da casa: veja tendências de consumo no pós-pandemia

  • 3 min
, 6 Minutos - São Paulo
14/09/2021 - 19:52

Quais são as tendências de consumo no pós-pandemia? Estudo realizado pela Mosaiclab em 14 países da América Latina dividiu em duas categorias os maiores desejos de compra das pessoas para os próximos anos: aspiracional e busca por segurança.

Entram na categoria aspiracional o desejo de gastar mais com viagens, cultura e lazer. Já a categoria segurança inclui a compra da casa, do automóvel, de eletrodomésticos e eletroeletrônicos.

“A pandemia criou um desejo reprimido de consumo de experiências. Gente que não viajava agora quer viajar. Muitas pessoas passaram a pensar: ‘e se eu morrer, como é que fica?’. Por isso, muita gente está fazendo uma reflexão sobre presente e futuro”, afirma Karen Cavalcanti, sócia e co-fundadora da Mosaiclab.

Por outro lado, segundo ela, os consumidores também estão em busca de maior segurança. “Uma parte quer gastar com viagens e lazer. Mas outra quer investir em coisas concretas, que lhe tragam segurança. Por isso, entram aí a compra da casa e itens para equipá-la.”

O estudo Tomorrow’s Consumer foi divulgado ontem na Latam Retail Show, um dos maiores eventos do setor de varejo.

Mudança no padrão de compra

A pesquisa mostrou também os atributos que as pessoas passaram a valorizar mais:

  • Família
  • Casa
  • Resiliência, paciência
  • Trabalho
  • Espiritualidade

Esses atributos, segundo Karen, se refletem na forma como o consumidor se relaciona com suas compras. Produtos relacionados ao conforto da casa, por exemplo, continuam em alta.

Tendências de mudança de padrão de consumo

Veja abaixo quais são as grandes tendências de padrão de consumo:

Megaconveniência

Aqui entram as entregas ultrarrápidas e as compras nos comércios de bairro, mais próximos da casa do consumidor. “As pessoas querem facilidades para o dia a dia delas. Essa tendência já existe, mas vai se acentuar cada vez mais”, afirma Karen.

Tecno-compartilhamento global

Essa tendência abarca modalidades de compra como social commerce, entertainment commerce, live commerce, além da aplicação da inteligência artificia e internet das coisas. “Já é uma tendência forte em outros países e acreditamos que essa onda vai pegar forte no Brasil também”, diz a co-fundadora da Mosaiclab.

Pílulas de conhecimento

“As pessoas buscam conhecimento fragmentado. Querem ler e aprender em posts, em pílulas. Se o assunto interessar, aí vão se aprofundar mais”, diz Karen.

Ressignificação do lar

A pesquisa identificou que mais da metade das pessoas pretende continuar trabalhando de casa. Por isso, o lar ganhou muita importância para o consumidor. “O consumidor quer mais verde, mais plantas dentro de casa, que se tornou também seu ambiente de trabalho.”

Mente artesã

“A tendência do faça você mesmo já existia antes da pandemia, mas deve continuar forte no pós-pandemia. Ao mesmo tempo em que as pessoas querem conveniência para tarefas como fazer compras, elas desejam gastar seu tempo fazendo coisas que lhes tragam prazer”, diz Karen.

Sustentabilidade humana

“O consumidor está muito preocupado com seu equilíbrio emocional e segurança física. Ele quer encontrar um equilíbrio para sua vida e por isso busca consumir coisas que façam sentido, que tragam melhoria para ele. Exemplo: em vez de calorias, a pessoa se importa mais com a satisfação que tem consumindo aquele alimento”, afirma Karen.

Inclusão genuína

A pauta da inclusão vai ganhar mais espaço e importância nas decisões de compra do consumidor. Empresas que quiserem se manter relevantes terão de levar a sério a inclusão dos grupos minorizados.

Sustentabilidade inteligente

Entram aqui a preocupação com o verde dentro de casa. “A tecnologia é utilizada para aumentar a sustentabilidade, como uso de drones nas entregas. Ou na horta interna, no jardim vertical. Hoje, já dá para comprar uma estufa para ter uma horta em casa.”

Quer receber notícias do 6 Minutos direto no seu celular? Estamos no Telegram (t.me/seisminutos) e no WhatsApp (https://6minutos.uol.com.br/whatsapp).

Newsletter

Para receber conteúdos exclusivos basta inserir seu e-mail abaixo

Autoria

Editora

Jornalista, com passagens pela Folha e Veja. Também foi blogueira de assuntos maternos. Mãe do Kazuo.