As vendas no varejo da zona do euro caíram 1,3% em julho comparado ao mês anterior, à medida que novos surtos de coronavírus interromperam a recuperação econômica de países como Itália e Espanha, segundo dados publicados nesta quinta-feira, 3, pela agência oficial de estatísticas da União Europeia (UE), a Eurostat. O resultado frustrou a expectativa de analistas consultados pelo The Wall Street Journal, que previam acréscimo de 1,2% nas vendas do período.

Em relação a julho de 2019, no entanto, o setor varejista do bloco ampliou as vendas em 0,4% em julho.

A Eurostat também revisou para baixo a estimativa das vendas de junho, de ganho de 5,7% para aumento de 5,3% em relação a maio.

Quer receber notícias do 6 Minutos direto no seu celular? Estamos no Telegram (t.me/seisminutos) e no WhatsApp (https://6minutos.uol.com.br/whatsapp).