As vendas no comércio da capital paulista parece que melhoraram em relação a janeiro. Na primeira quinzena de fevereiro, houve crescimento de 8% na comparação com igual período de janeiro, segundo a prévia do Balanço de Vendas da ACSP (Associação Comercial de São Paulo).

No entanto, quando comparado esta quinzena com a mesma de fevereiro de 2020, registrou-se queda de 5,7%. “A variação negativa é normal, porque em fevereiro de 2020 ainda não eram sentidos os efeitos da pandemia na economia do varejo”, diz Marcel Solimeo, economista da ACSP.

O explica o aumento nas vendas em fevereiro? Uma das razões foi a Sampa Week, período de promoções de produtos e serviços que foi prorrogada até o último dia 12, que acabou dando o impulso necessário para que este mês fosse um pouco melhor para os lojistas. “Se não tivesse a Sampa Week, as vendas teriam sido bem piores”, afirma Solimeo.

O período de promoções criado pela entidade começou no dia 23 de janeiro e terminaria no dia 31, semana do aniversário da cidade, mas foi prorrogação até 12 de fevereiro para não prejudicar os lojistas que foram afetados pelas medidas restritivas determinadas pelo Governo do Estado em janeiro.

Vendas em janeiro

No último Balanço de Vendas divulgado pela ACSP houve o registro de uma queda de 11,1% na movimentação do varejo de janeiro de 2021 em relação ao mesmo período de 2020, em consequência das medidas restritivas impostas aos lojistas.

A entidade acredita que se não houver novas medidas restritivas ao funcionamento do comércio as vendas voltarão a subir nos próximos meses. “Neste mês, a variação foi negativa por estarmos em pandemia, mas já há uma clara tendência de crescimento”, afirmou Solimeo.

Quer tirar suas dúvidas sobre o Imposto de Renda de 2021? Mande sua pergunta por e-mail (faleconosco@6minutos.com.br), Telegram (t.me/seisminutos) ou WhatsApp (https://6minutos.uol.com.br/whatsapp).