As vendas no varejo cresceram 0,6% em novembro na comparação com outubro. O avanço ficou abaixo do esperado pelo mercado, e foi impulsionado pelas promoções da Black Friday. Os dados foram divulgados nesta quarta-feira (15) na Pesquisa Mensal de Comércio, feita pelo IBGE (Instituto Brasileiro de Geografia e Estatística).

Na comparação com novembro de 2018, o avanço foi de 2,9%. Entre janeiro e novembro do ano passado, o setor acumula crescimento de 1,7%.

Que produtos mais foram vendidos? Os artigos farmacêuticos tiveram alta de 4,1%, e os móveis e eletrodomésticos avançaram 0,5%.

Quais registraram queda? O volume de vendas de combustíveis caiu 0,3% na comparação mensal. Também recuaram as vendas de livros e papelarias (-4,7%) e veículos e motos (-1%) .

O crescimento era o esperado? Não. Analistas ouvidos pela agência Reuters estimavam uma alta de 1,1% na comparação com outubro. Para o economista André Perfeito, o número do IBGE decepcionou. Ele lembra que em novembro a produção industrial recuou 1,2% e o setor de serviços ficou praticamente estável em 0,1%. “Este resultado, por si só não reverte tendência de melhora da atividade, mas acende uma luz amarela”.

Quer receber notícias do 6 Minutos direto no seu WhatsApp? É só entrar no grupo pelo link: https://6minutos.uol.com.br/whatsapp.