SÃO PAULO (Reuters) – A Usiminas informou nesta quarta-feira que estima um impacto positivo de 2,4 bilhões de reais, antes de efeitos fiscais, em seus resultados após a decisão do Supremo Tribunal Federal que excluiu o ICMS da base da cálculo do PIS/Cofins.

A companhia afirmou que o efeito no lucro antes de juros, impostos, depreciação e amortização (Ebitda) da decisão do STF será de cerca de 1,5 bilhão de reais, “que deverão ser reconhecidos nas informações trimestrais da companhia”.

A empresa não detalhou, em comunicado enviado ao mercado, em que período pretende registrar o impacto positivo no balanço.

Quer receber notícias do 6 Minutos direto no seu celular? Estamos no Telegram (t.me/seisminutos) e no WhatsApp (https://6minutos.uol.com.br/whatsapp).