(Reuters) – A previsão de safra de soja 2020/21 do Brasil, com colheita já encerrada, foi elevada em 1 milhão de toneladas, para 137 milhões de toneladas, informou o Departamento de Agricultura dos EUA (USDA, na sigla em inglês) nesta quinta-feira.

O órgão, por outro lado, reduziu a projeção para a safra de milho brasileira 2020/21 a 98,5 milhões de toneladas, ante 102 milhões de toneladas no mês anterior, uma vez que vão ficando mais claros os efeitos da seca para a colheita de inverno, próxima de ganhar ritmo.

Para a próxima safra (2021/22), o USDA manteve as projeções para produção de soja e milho do Brasil em 144 milhões e 118 milhões de toneladas, respectivamente.

(Por Roberto Samora)

Quer receber notícias do 6 Minutos direto no seu celular? Estamos no Telegram (t.me/seisminutos) e no WhatsApp (https://6minutos.uol.com.br/whatsapp).