O ministro da Economia, Paulo Guedes, classificou como imprudente a ideia de um fundo com recursos federais para garantir perdas de Estados e municípios com a reforma tributária, alegando que a União não é um saco sem fundo e que é necessário ter juízo.

“Acabamos de aumentar em 10% a nossa relação dívida/PIB. Se nós anunciarmos que estamos criando mais fundos para garantir recursos, o Brasil terá dramáticos problemas de sustentabilidade fiscal. A União pode quebrar e vai faltar dinheiro para todo mundo, vamos entrar em rota de implosão fiscal”, afirmou ele, em evento online sobre a reforma tributária promovido pela Confederação Nacional de Municípios (CNM).

“Estamos fazendo todo nosso esforço à beira de um vulcão, temos que ter muita responsabilidade fiscal”, acrescentou.

Quer receber notícias do 6 Minutos direto no seu WhatsApp? É só entrar no grupo pelo link: https://6minutos.uol.com.br/whatsapp.