Home office não é mais coisa de um fim de semana ou um dia ao acaso, mas uma forma de trabalho já incorporada à rotina de muita gente. Assim, que tal aproveitar o dinheiro que sobrou do 13º salário para transformar pequenos espaços em um escritório definitivo de trabalho em casa?

Para ajudar nessa tarefa, o 6 Minutos conversou com três arquitetos e traz ideias e projetos para você trabalhar com mais conforto, praticidade, eficiência e privacidade.

Crie limites

Para a arquiteta Cristiana Mascarenhas, o primeiro ponto a ser considerado é o espaço. “Se possível, o seu home office deve ter uma porta para dar privacidade e a sensação que você entrou num escritório, que ali não é mais a sua casa. Um local com cor, plantas, quadros, um lugar onde você queira ficar por várias horas, assim seu dia já vai começar melhor.”

Não fique no desconforto

Alguns investimentos são básicos, e para trabalhar com conforto por horas seguidas, é importante ter uma cadeira ergonômica. A escrivaninha, mesmo pequena, deve permitir o acesso rápido às suas ferramentas básicas de trabalho, dessa forma, um bom gaveteiro com arquivo de pasta vai ajudar na organização, e você saberá onde encontrar um papel importante na hora de uma reunião virtual, por exemplo. “Uma estante vertical, com livros e artes pequenas vai tornar o seu home office mais aconchegante e servirá como um bom pano de fundo para uma reunião virtual”, acrescenta Cristiana.

Cuide da luz

Outro item fundamental a ser considerado é a iluminação. Se você não tem luz natural, coloque a luz do teto numa temperatura de dia e adicione um dimmer, assim durante o dia você pode ter a sensação de uma luz mais natural, e no período da noite você poderá diminuir dando o clima adequado. A luminária de mesa é sempre importante para dar uma luz mais focada em pequenas coisas, podendo ser uma luz mais amarelada. A luz correta gera uma energia extra para sermos mais produtivos.

E esse monte de fio?

E para não se enrolar nos fios, pois hoje em dia precisamos recarregar tudo, é preciso ter um conector que centralize a chegada de fios e outro que seja de fácil acesso para dispositivos eletrônicos como smartphones e e-readers.

Organize-se

Uma estação para a impressora, tudo no mesmo lugar, papeis e tintas sobressalentes acessíveis também são fundamentais. Para isso você pode dedicar um espaço na estante, em prateleiras ou num móvel baixo com portas. Sua correspondência de trabalho precisa também estar num lugar único e, para isso, um organizador de correspondência horizontal ou vertical, dependendo do seu espaço, será muito útil para manter a escrivaninha ou estante mais livre.

Sensação de espaço

Cristiana ainda ensina um truque: “Caso seu espaço não tenha janela ou seja pequeno, um espelho bem colocado pode dar a sensação de uma janela ou mesmo o efeito de aumentar o espaço”.

Como escolher o melhor lugar

Sobre o melhor local da casa para você montar seu home office, o arquiteto Aderson Gimenes dá algumas dicas. “Escolha um local próximo do roteador do WI-FI ou que possa ter acesso cabeado, uma internet ruim é estressante.” Gimenes aconselha optar por um local com ventilação cruzada para minimizar o uso do ar-condicionado ou de ventiladores. Essa ventilação é encontrada quando há uma entrada de ar seguida de uma saída, desse modo, o ar é renovado constantemente e o ambiente permanece agradável mesmo nos dias mais quentes.

“Na hora de montar seu home office pense em dar mais emoção ao seu espaço, afinal de contas você passará horas ali, então decore com fotos de momentos agradáveis, cores alegres, tenha uma plantinha no ambiente, água e café”, aconselha Gimenes.

Mas não é preciso gastar rios de dinheiro para ter um home office prático e agradável.  A designer de interior Roseli Estevam lembra que há opções mais baratas, que trazem leveza, elegância e praticidade. “Os cavaletes são excelentes opções, pois permitem ocupar qualquer canto da casa e são encontrados com ampla variedade de cores e preços – entre R$ 189 e R$ 200”.

Para espaços muito reduzidos o ideal pode ser usar uma estante que já vem com escrivaninha e custa em torno de R$ 500. “São ideias econômicas que podem ser bancadas com o 13º salário do fim de ano”, conclui Roseli.

Quer tirar suas dúvidas sobre o Imposto de Renda de 2021? Mande sua pergunta por e-mail (faleconosco@6minutos.com.br), Telegram (t.me/seisminutos) ou WhatsApp (https://6minutos.uol.com.br/whatsapp).