KIEV (Reuters) – O Ministério da Economia da Ucrânia elevou a previsão para as exportações de grãos do país na temporada 2020/21 para 45,42 milhões de toneladas, contra previsão anterior de 44,18 milhões de toneladas, graças a embarques maiores de milho, disse o sindicato ucraniano de traders nesta segunda-feira.

A pasta revisou para cima a safra de milho 2020 da Ucrânia, passando a estimá-la em 30,3 milhões de toneladas, ante 29,3 milhões de toneladas na previsão anterior, e elevou a projeção para os embarques do cereal em 2020/21 a 23,5 milhões de toneladas, versus 22,3 milhões de toneladas vistas anteriormente.

A Ucrânia colheu uma safra recorde de 75 milhões de toneladas de grãos em 2019, incluindo 35,9 milhões de toneladas de milho.

O ministério e os sindicatos agrícolas vão decidir ainda nesta segunda-feira sobre a imposição de um limite às exportações de milho no atual ano comercial, uma medida solicitada pelos produtores de ração animal e carnes.

Neste mês, as associações ucranianas de pecuaristas e produtores de frango pediram que o governo limite os embarques de milho em 2020/21 a 22 milhões de toneladas, com o objetivo de evitar uma escassez de ração animal.

As exportações de grãos da Ucrânia recuaram para 28,3 milhões de toneladas até este momento da temporada, que vai de julho de 2020 a junho de 2021. O volume conta com 11 milhões de toneladas de milho.

A Ucrânia, que está entre os maiores exportadores de grãos do mundo, vendeu cerca de 57 milhões de toneladas para o mercado externo em 2019/20.

(Reportagem de Pavel Polityuk)

Quer tirar suas dúvidas sobre o Imposto de Renda de 2021? Mande sua pergunta por e-mail (faleconosco@6minutos.com.br), Telegram (t.me/seisminutos) ou WhatsApp (https://6minutos.uol.com.br/whatsapp).