Oito dias e 17 horas é o tempo médio necessário para abrir uma empresa em Salvador (BA). Já os empresários de Curitiba (PR) demoram, em média, 22 horas para realizar a mesma tarefa, segundo relatório divulgado pelo Ministério da Economia.

Qual a média brasileira? O tempo médio para abrir uma empresa no Brasil é de dois dias e 13 horas, contados em dias corridos – esse cálculo desconsidera o tempo gasto pelos empresários para resolver pendências e documentos.

O prazo já foi ainda mais alto no Brasil: em janeiro de 2019 era de 5 dias e 9 horas – duas vezes mais do que a média atual.

Os processos são mais rápidos acontecem na região Centro-Oeste (1 dia e 10 horas) e os mais demorados no Nordeste (3 dias e 19 horas).

Capitais com processo mais rápidoPrazo médio
Curitiba (PR)22 horas
Macapá (AP)1 dia e 1 hora
Goiânia (GO)1 dia e 1 hora
Aracaju (SE)1 dia e 7 horas
Brasília (DF)1 dia e 8 horas
Capitais com processo mais lentoPrazo médio
Salvador (BA)8 dias e 17 horas
Recife (PE)3 dias e 16 horas
João Pessoa (PB)3 dias e 12 horas
Belém (PA)3 dias e 5 horas
Teresina (PI)2 dias e 21 horas

Por que o tempo varia entre as capitais? “Existem as burocracias locais e, dependendo do ramo de atividade, tem até uma certa razão para a demora maior. Empresas que afetam o meio ambiente, por exemplo, vão precisar de um laudo específico”, afirma o economista da ACSP (Associação Comercial de São Paulo), Marcel Solimeo.

Apesar de ser a capital com maior prazo, Salvador conseguiu reduzir em um dia o processo de abertura de empresa. Segundo o Ministério da Economia, o resultado foi possível depois de uma mudança no fluxo de pedidos, o que acelerou o processo.

Qual a importância de reduzir o prazo? Estimular o empreendedorismo.  “Quando demora muito, cria um desestímulo ao empreendedor para se regularizar”, afirma a advogada Jacqueline Gottschalk, do escritório Diamantino Advogados Associados.

O consultor de negócios do Sebrae-SP, Eduardo Flud, considera possível que os processos sejam cada vez mais rápidos. “Como MEI, você abre sua empresa em 20 minutos. Por que não fazer isso com outras empresas também? O governo precisa criar um sistema que torne isso viável para todos”, afirma.

Qual a meta? O governo federal quer que a média nacional seja de um dia até o final de 2022 e está coordenando ações para que todas as etapas do processo tenham respostas automáticas para facilitar a vida do empreendedor. Hoje, cerca de 45% das empresas são abertas em menos de um dia.

“Temos observado que, quadrimestre a quadrimestre analisado, o tempo médio de abertura tem caído, o que demonstra que as medidas adotadas têm surtido efeito e o Brasil caminha para a sua meta”, afirmou o secretário especial adjunto de Desburocratização, Gestão e Governo Digital, Gleisson Rubin.

O estado de São Paulo e Rio de Janeiro, por exemplo, possuem o sistema “Balcão Único”, que tem como meta concretizar a abertura de contas em um dia.

Quer tirar suas dúvidas sobre o Imposto de Renda de 2021? Mande sua pergunta por e-mail (faleconosco@6minutos.com.br), Telegram (t.me/seisminutos) ou WhatsApp (https://6minutos.uol.com.br/whatsapp).