A Telefônica Brasil, dona da marca Vivo, reportou lucro líquido de R$ 1,345 bilhão no segundo trimestre de ano. O valor representa crescimento de 20,9% na comparação com o mesmo período do ano anterior.

A operadora explicou que o aumento do lucro ocorreu em função do crescimento da receita e do controle contínuo de custos por meio da digitalização do atendimento.

O Ebitda (lucro antes dos juros, impostos, depreciação e amortização) recorrente somou R$ 4,226 bilhões, um avanço de 3,0% na mesma base de comparação. A margem Ebitda recorrente teve leve recuo de 0,1 ponto porcentual.

A receita operacional líquida atingiu R$ 10,649 bilhões, alta de 3,2%.

Os custos totais da companhia alcançaram R$ 6,423 bilhões, alta de 3,4%. A tele destacou que essa oscilação ficou abaixo da inflação acumulada do IPCA em 12 meses, que atingiu 8,35%.

O resultado financeiro registrou despesa de R$ 157 milhões, aumento de 110%.

Quer receber notícias do 6 Minutos direto no seu celular? Estamos no Telegram (t.me/seisminutos) e no WhatsApp (https://6minutos.uol.com.br/whatsapp).