SÃO PAULO (Reuters) – A moagem de cana-de-açúcar no centro-sul do Brasil pode ficar entre 567,2 milhões e 578,1 milhões de toneladas na safra de 2021/22, com queda de até 6,3% no comparativo anual, estimou a consultoria StoneX nesta segunda-feira, ao rebaixar sua projeção em meio à seca no principal polo produtor do país.

Na estimativa anterior, divulgada no fim de março, a consultoria previa moagem de 586,1 milhões de toneladas.

Considerando três possíveis cenários para o processamento de cana no centro-sul, a StoneX acredita que o mais provável é que a moagem atinja a média de 570,2 milhões de toneladas nesta safra. Caso esta hipótese se confirme, a produção de açúcar seria rebaixada em 1 milhão de toneladas ante a projeção de 36,1 milhões vista em março.

(Por Nayara Figueiredo)

Quer receber notícias do 6 Minutos direto no seu celular? Estamos no Telegram (t.me/seisminutos) e no WhatsApp (https://6minutos.uol.com.br/whatsapp).