Por Ricardo Brito

BRASÍLIA (Reuters) – O Supremo Tribunal Federal (STF) divulgou nesta quarta-feira nas redes sociais um vídeo que rebate o presidente Jair Bolsonaro sobre as responsabilidades atribuídas pela Corte ao governo federal no enfrentamento à pandemia de Covid-19.

“O STF não proibiu o governo federal de agir na pandemia! Uma mentira contada mil vezes não vira verdade!”, disse o STF em publicação no Twitter em alusão indireta à célebre frase de Joseph Goebbels, ministro da propaganda da Alemanha nazista de Adolf Hitler, que dizia que “uma mentira dita mil vezes torna-se verdade”.

Em um vídeo que acompanha a publicação do STF, uma narradora diz que é falso que o Supremo tirou poderes do presidente para tomar decisões referentes à pandemia. Ela destaca que, na verdade, o STF decidiu que União, Estados e municípios tinham que atuar juntos para enfrentar a Covid-19.

“Não espalhe fake news! Compartilhe as verdades do STF”, finaliza.

Bolsonaro tem insistentemente dito desde o ano passado que o Supremo teria retirado poderes do governo federal no enfrentamento da pandemia.

Na verdade, o STF decidiu em abril de 2020 que todos os níveis de governo têm de atuar de forma conjunta –sob a coordenação federal– em relação às ações de enfrentamento à pandemia.

Procurado, o Palácio do Planalto não respondeu de imediato a um pedido de comentário sobre a postagem do STF.

Quer receber notícias do 6 Minutos direto no seu celular? Estamos no Telegram (t.me/seisminutos) e no WhatsApp (https://6minutos.uol.com.br/whatsapp).