MOSCOU (Reuters) – A Sovecon, uma das principais consultorias agrícolas de Moscou, elevou nesta sexta-feira sua estimativa para a safra de trigo 2021 da Rússia em 1,4 milhão de toneladas, para 80,7 milhões de toneladas, devido à melhora nas condições de cultivo no sul do país.

As condições no sul –principal área produtora de trigo da Rússia– melhoraram em função de chuvas favoráveis, disse a Sovecon. A Rússia é uma das maiores exportadoras de trigo do mundo.

“O trigo na região sul da Rússia entrou no último inverno (do Hemisfério Norte) com as piores condições em uma década. No entanto, o clima de 2021 foi favorável para a região, e as condições de safra melhoraram dramaticamente nos últimos meses”, afirmou em nota o chefe da Sovecon, Andrey Sizov.

Esse não é o caso, porém, nas regiões centrais da Rússia, “onde o pessimismo dos produtores com a nova safra aumentou substancialmente após o derretimento da neve”, acrescentou.

A Sovecon disse ainda que as exportações de grãos da Rússia em 2021 devem atingir 128,4 milhões de toneladas, incluindo 19,6 milhões de toneladas de cevada e 14,4 milhões de toneladas de milho.

(Reportagem de Polina Devitt e Maria Tsvetkova)

Quer tirar suas dúvidas sobre o Imposto de Renda de 2021? Mande sua pergunta por e-mail (faleconosco@6minutos.com.br), Telegram (t.me/seisminutos) ou WhatsApp (https://6minutos.uol.com.br/whatsapp).