A Walt Disney divulgou nesta terça-feira um raro prejuízo trimestral, uma vez que a pandemia da Covid-19 atingiu seus parques temáticos, redes de TV e empresas de estúdios de cinema, mesmo com a crise ajudando seus serviços de streaming.

O prejuízo líquido das operações contínuas foi de US$ 4,72 bilhões, ou US$ 2,61 por ação no trimestre encerrado em 27 de junho, ante lucro líquido de US$ 1,43 bilhão, ou US$ 0,79 por ação, um ano antes.

A pandemia do coronavírus forçou a empresa a fechar alguns de seus parques globalmente, postergar o lançamento de filmes, incluindo o tão aguardado “Mulan”, e diminuir a publicidade em seu segmento de redes de mídia, incluindo da ESPN, de esportes.

 

Quer receber notícias do 6 Minutos direto no seu celular? Estamos no Telegram (t.me/seisminutos) e no WhatsApp (https://6minutos.uol.com.br/whatsapp).