Por Maria Carolina Marcello

BRASÍLIA (Reuters) – O Senado decidiu manter na PEC Emergencial o limite de 44 bilhões de reais para o montante que poderá ser excepcionalizado das regras fiscais em 2021 para o auxílio financeiro aos vulneráveis diante da crise do coronavírus.

Por 55 votos a 17, o limite foi mantido no texto da Proposta de Emenda Constituição (PEC), que abre caminho para a concessão do auxílio e traz os chamados gatilhos fiscais, a serem acionados quando a despesa obrigatória ultrapassar 95% da despesa primária total.

Rejeitado o destaque, a PEC teve sua tramitação concluída no Senado e segue, agora, para a Câmara dos Deputados, onde deve ser analisada diretamente em plenário.

Quer tirar suas dúvidas sobre o Imposto de Renda de 2021? Mande sua pergunta por e-mail (faleconosco@6minutos.com.br), Telegram (t.me/seisminutos) ou WhatsApp (https://6minutos.uol.com.br/whatsapp).