Sair do aluguel é a motivação para 25% dos brasileiros que têm a intenção de comprar um imóvel nos próximos dois anos, segundo pesquisa divulgada nesta segunda-feira (22) pela CBIC (Câmara Brasileira da Indústria da Construção).

Outras situações que motivam o brasileiro a comprar um imóvel são ter um imóvel maior e apostar na compra como um investimento para alugar. Veja os principais motivos apontados pela pesquisa:

  • Sair do aluguel (25%)
  • Trocar por uma residência maior (16%)
  • Investimento para alugar (14%)
  • Sair da casa dos pais/ morar sozinho (13%)
  • Trocar por uma residência mais nova (8%)
  • Imóvel para familiar/parente (5%)

Outros motivos que aparecem na lista são casamento (5%), ir para um imóvel com melhor localização (4%) e buscar por um local mais seguro (3%).

Queda na intenção de compra

Do total de entrevistados, 41% afirmam ter intenção de comprar um imóvel nos próximos dois anos. 31% estão na fase de buscas pela internet e 10% começaram a visitar imóveis, stands de venda e entrar em contato com imobiliárias e corretores.

O percentual registrou queda em comparação a outubro de 2020, mês do último levantamento da CBIC. O resultado de fevereiro quebra os aumentos de intenção registrado desde a passagem de junho para agosto do ano passado.

  • Antes da pandemia: 43%
  • Março/20: 24%
  • Abril/20: 20%
  • Junho/20: 25%
  • Agosto/20: 40%
  • Outubro/20: 46%
  • Fevereiro/21: 41%

A maior intenção de compra fica para os brasileiros que têm faixa salarial entre R$ 9 mil e R$ 12 mil e acima de R$ 12 mil, ambas com 44% de intenção de compra nos próximos dois anos.

Como a pesquisa foi feita? O levantamento ouviu 1.200 consumidores entre os dias 28 de janeiro e 8 de fevereiro deste ano e foi realizado pela CBIC e pela BRA!N.

Quer tirar suas dúvidas sobre o Imposto de Renda de 2021? Mande sua pergunta por e-mail (faleconosco@6minutos.com.br), Telegram (t.me/seisminutos) ou WhatsApp (https://6minutos.uol.com.br/whatsapp).