Por Paula Arend Laier

(Reuters) – A Sabesp reportou lucro líquido de 496,9 milhões de reais para o período de janeiro a março deste ano, revertendo prejuízo de 657,9 milhões de reais um ano antes, beneficiado por acordo com o município de Mauá, além de redução da exposição cambial e dos efeitos da pandemia da Covid-19.

A receita operacional líquida cresceu 15,7%, para 4,677 bilhões de reais, enquanto custos e despesas somaram 3,591 bilhões de reais, acréscimo de 17,9% ano a ano, mostraram os dados da companhia de saneamento básico do Estado de São Paulo divulgados no final da quinta-feira.

O Ebitda (lucro antes de juros, impostos, depreciação e amortização) ajustado somou 1,636 bilhão de reais, alta de 10,3% ano a ano, mas com a margem passando a 35%, de 36,7% no primeiro trimestre do ano passado.

Quer receber notícias do 6 Minutos direto no seu celular? Estamos no Telegram (t.me/seisminutos) e no WhatsApp (https://6minutos.uol.com.br/whatsapp).