MOSCOU (Reuters) – A Rússia pode continuar com um imposto sobre exportação de trigo no novo ano comercial que começa em 1° de julho, disse a agência de notícias Interfax nesta quinta-feira, citando uma carta do Ministério da Agricultura ao Sindicato Russo de Exportadores de Grãos.

A Rússia, um dos maiores exportadores de trigo do mundo, tem tentado estabilizar os preços domésticos dos alimentos com a taxa sobre as exportações do cereal, bem como uma cota para as exportações de grãos e uma série de outra medidas, depois que o presidente Vladimir Putin criticou o impacto da excessiva inflação.

(Por Polina Devitt)

Quer receber notícias do 6 Minutos direto no seu celular? Estamos no Telegram (t.me/seisminutos) e no WhatsApp (https://6minutos.uol.com.br/whatsapp).