A mineradora anglo-australiana Rio Tinto informou nesta quarta-feira (28) que teve lucro líquido de US$ 12,31 bilhões no primeiro semestre do ano, uma alta de 270,8% ante o ganho de US$ 3,32 bilhões em igual período de 2020. O avanço no lucro foi atribuído ao rali nos preços das commodities, que alimentou expectativas de inflação em todo o mundo.

O lucro subjacente – que desconsidera alguns itens – da segunda maior mineradora do mundo em valor de mercado mais que dobrou no período, a US$ 12,17 bilhões, acima da previsão de 14 analistas consultados pela Vuma, que era de US$ 12,01 bilhões.

Diretores da empresa declararam um dividendo provisório de US$ 3,76 por ação, ante US$ 1,55 por ação em igual período do ano passado. A Rio Tinto também anunciou que irá pagar um dividendo especial de US$ 1,85 por ação.

Quer receber notícias do 6 Minutos direto no seu celular? Estamos no Telegram (t.me/seisminutos) e no WhatsApp (https://6minutos.uol.com.br/whatsapp).