O Reino Unido assinou um acordo comercial provisório com o Canadá neste sábado, como parte de um esforço do país para consolidar relações comerciais bilaterais enquanto aguarda o encerramento do período de transição para a sua saída da União Europeia.

A expectativa era de que o acordo fosse negociado até o fim do ano, conforme afirmado pela ministra de Comércio do Reino Unido, Liz Truss, nesta semana. Este é o segundo grande pacto firmado até o momento para o período pós-Brexit, com o primeiro envolvendo o Japão.

De acordo com o governo britânico, o acordo provisório abre caminho para futuras negociações sobre novos compromissos comerciais “feitos sob medida entre o Reino Unido e o Canadá”.

Em comunicado, o primeiro-ministro britânico, Boris Johnson, disse que a medida “assegura o comércio transatlântico com um de nossos aliados mais próximos”, acrescentando que essa é uma oportunidade de garantir que o comércio bilateral cresça cada vez mais.

“Nossos negociadores têm trabalhado arduamente para garantir acordos comerciais para o Reino Unido e, desde o início do próximo ano, concordamos em começar a trabalhar em um novo acordo comercial com o Canadá que irá ainda mais longe no atendimento às necessidades de nossos economia”, concluiu Johnson em nota.

Embora o Reino Unido tenha se retirado formalmente da União Europeia em janeiro, o país continua dentro do mercado único livre de tarifas e da união aduaneira do bloco durante um período de transição que está programado para terminar em 31 de dezembro.

Nesse sentido, autoridades britânicas vêm aproveitando o momento para antecipar uma série de novos acordos pelo mundo, para evitar eventuais barreiras nas negociações pós-Brexit. Os Estados Unidos, por exemplo, eram cotados para um desses acordos, dada a aprovação demonstrada pelo presidente Donald Trump a respeito do Brexit. Com os planos de reeleição de Trump minados pela vitória do democrata Joe Biden, contudo, a negociação tende a ser mais complicada.

Quer receber notícias do 6 Minutos direto no seu celular? Estamos no Telegram (t.me/seisminutos) e no WhatsApp (https://6minutos.uol.com.br/whatsapp).