A diretora-gerente do Fundo Monetário Internacional, Kristalina Georgieva, pediu às autoridades nesta quarta-feira (8) que usem sua resposta à pandemia de coronavírus para enfrentar a mudança climática.

“Olhando à frente, as políticas devem fornecer as bases para uma recuperação resiliente e de baixo carbono que crise milhões de empregos, ao mesmo tempo em que ajuda a lidar com a crise climática”, disse ela em uma conferência da Organização Internacional do Trabalho.

“Estamos especialmente preocupados que a crise prejudique os importantes ganhos de desenvolvimento dos últimos anos”, completou ela.

No mês passado, o FMI projetou uma recessão global mais profunda do que esperado inicialmente. O Fundo vê agora uma contração global do PIB de 4,9% este ano e perda total de produção de 12 trilhões de dólares até o fim de 2021.

Quer receber notícias do 6 Minutos direto no seu celular? Estamos no Telegram (t.me/seisminutos) e no WhatsApp (https://6minutos.uol.com.br/whatsapp).