Varejistas como Magazine Luiza, Casas Bahia e Mercado Livre contrataram motoristas autônomos para fazer a entrega dos produtos vendidos pela internet na casa dos clientes. Esses motoristas, que não têm nenhum vínculo com as empresas, costumam ser selecionados na base da indicação.

Mas também é possível se cadastrar nas empresas que fazem essa seleção. Veja abaixo:

Casas Bahia
Os interessados devem se cadastrar na Asap Log:

Magazine Luiza
Os interessados devem se cadastrar na Logbee:

Mercado Livre
Não informou como é feita a seleção

Qual a vantagem? Motoristas que fazem esse tipo de serviço dizem que ganham mais fazendo entregas do que transportando passageiros de aplicativos como Uber ou 99.

No Magazine Luiza, cuja entrega é gerenciada pela Logbee, os autônomos recebem de R$ 200 a R$ 300 por dia, dependendo da quantidade de pacotes entregues.

“Em geral, carregando o veículo uma vez por dia, ele consegue fazer de R$ 200 a R$ 300. O motorista coleta de 50 a 80 pedidos e sai fazendo as entregas. Esse volume ocupa o dia todo dele. Quanto mais entrega, mais ganha”, diz Guilherme Schmidt, diretor da Logbee.

Nas Casas Bahia, as entregas são administradas pela Asap Log, que possui um sistema de remuneração bem parecido com o do Uber. O motorista recebe no app um aviso informando onde tem encomendas, quanto receberá por elas, e decide se quer aceitar ou não o serviço.

“No app, ele consegue ver quantos pedidos há para pegar na loja X. Se aceitar, ele vai até o estabelecimento, se identifica, confere e faz a rota dele. Pode ter pedido da Casas Bahia, de seller [vendedor do marketplace] ou coleta”, afirma Daniel Ribeiro, diretor de Logística da Via Varejo. “Ele não precisa ficar disponível o tempo todo para as entregas.”

Mas compensa mesmo? Para Daniel Ribeiro, os ganhos de um motorista de Uber e um que faz entrega são muito parecidos. “Já entrevistei muitos motoristas e o que descobri é que existe a pessoa que gosta de fazer entregas e existe aquela que gosta de fazer Uber. A equação de pagamento é muito alinhada. O cálculo leva em tempo fatores parecidos, como tempo e gasolina. Lógico que a sazonalidade pode interferir, caso da Black Friday.”

Quer tirar suas dúvidas sobre o Imposto de Renda de 2021? Mande sua pergunta por e-mail (faleconosco@6minutos.com.br), Telegram (t.me/seisminutos) ou WhatsApp (https://6minutos.uol.com.br/whatsapp).