O Nubank publicou neste domingo uma carta pedindo desculpas à comunidade negra e a outras categorias sub-representadas pela resposta dada pela cofundadora Cristina Junqueira no programa Roda Viva a uma pergunta sobre contratação de negros. A carta é assinada pelos três cofundadores – Cristina, David Vélez e Edward Wible.

“O Brasil tem excelentes profissionais negros em diferentes carreiras”, afirmam os três em carta publicada no blog e redes sociais do banco. “No Nubank, temos um enorme orgulho da nossa comunidade e pedimos desculpas aos Nubankers negros, ao movimento negro e aos grupos sub-representados por não termos feito mais.”

Qual o contexto? Na segunda-feira passada, ao ser questionada por ações afirmativas do Nubank em relação à contratação de negros, Cristina disse que o nível de exigência para trabalhar no banco era muito alto e não dava para nivelar por baixo.

Qual foi a reação do público? Muito negativa. As pessoas classificaram a declaração de Cristina racista e muitas chegaram a publicar nas redes sociais que estavam cancelando suas contas no Nubank.

Como o Nubank tratou do assunto no começo? Cristina publicou um vídeo nas suas redes sociais pedindo desculpas. “Queria pedir desculpas, acho que não me expressei da melhor maneira. É super importante a gente ter uma comunicação clara. Queria agradecer todo o feedback que está vindo, a repercussão que isso está tendo porque todo mundo tem o que aprender”, afirmou.

O que muda na declaração de hoje? Além da declaração vir assinada pelos três cofundadores, o Nubank se compromete a criar uma agenda de transformação na área de diversidade racial.

“Decidimos também dobrar o tamanho do time interno dedicado a recrutar profissionais de grupos sub-representados em todas as posições e níveis da empresa e reforçar a busca por lideranças negras para nos ajudar nesse processo.”

O Nubank aproveita para instigar outras instituições financeiras a trilhar o mesmo caminho. “Esperamos que bancos, fintechs e demais agentes do sistema financeiro entrem nesse movimento conosco para ajudar a mudar a realidade à nossa volta.”

Leia a íntegra da carta aqui: https://blog.nubank.com.br/nubank-erramos/

 

 

 

 

 

Quer receber notícias do 6 Minutos direto no seu celular? Estamos no Telegram (t.me/seisminutos) e no WhatsApp (https://6minutos.uol.com.br/whatsapp).