A produção no setor automotivo brasileiro totalizou 43,1 mil carros, comerciais leves, caminhões e ônibus em maio. O número é um salto em relação a abril, quando foram fabricadas apenas 1,8 mil unidades. Os dados são da Anfavea, associação que representa os fabricantes de veículos, e foram divulgados nesta sexta-feira (6).

Mas na comparação com maio de 2019, contudo, a produção ainda mostra um tombo de 84,4%.

Como estão os emplacamentos? Os emplacamentos de carros, comerciais leves, caminhões e ônibus novos em maio somaram 62,2 mil unidades, alta de 11,6% ante abril, quando boa parte dos departamentos estaduais de trânsito estavam fechados para novos registros de licenciamentos, além de boa parte da rede concessionária. Na comparação com maio de 2019, as vendas do mês passado despencaram 74,7%.

Com isso, no acumulado de 2020 até o final de maio, a produção mostra queda de 49,2% e as vendas redução de 37,7%.

E as exportações? As exportações de veículos também mostram forte queda, com o principal mercado brasileiro, a Argentina, também enfrentando dificuldades com o novo coronavírus. As vendas externas em maio caíram 90,8% na comparação anual, para 3,9 mil veículos. Em dólares, o valor das exportações de autoveículos em maio somou 173,8 milhões, queda de 73,3% sobre um ano antes.

Quer receber notícias do 6 Minutos direto no seu celular? Estamos no Telegram (t.me/seisminutos) e no WhatsApp (https://6minutos.uol.com.br/whatsapp).