BOGOTÁ (Reuters) – A Colômbia produziu 1,2 milhão de sacas de 60 quilos de café arábica lavado em julho, informou nesta quarta-feira a Federação Nacional de Café, em queda de 8% ante o mesmo mês no ano passado.

Essa é a primeira vez desde abril que a federação de café publicou informações de produção. Os dados de produção não foram divulgados em maio ou junho devido à anormalidades, disse a federação.

As exportações avançaram em julho, disse a federação de café, aumentando em 9% para 1,23 milhão de sacas, acima dos 1,13 milhões de sacas em julho de 2020, apoiado pela melhora no fluxo de carga para os portos, seguido de um esfriamento nos protestos nacionais.

Os protestos nacionais antigoverno colaboraram para uma queda de 52% nas exportações em maio, uma vez que estradas foram bloqueadas.

A Colômbia produziu 13,9 milhões de sacas de 60 quilos de café arábica lavado em 2020, uma queda de 6% em relação a 2019, afetada pela pandemia.

A tabela a seguir mostra a produção mensal e as exportações de café da Colômbia (em milhares de sacas), começando no mês passado:

Produção Exportações

2021

Julho 1.209 1.229

Junho N/D 986

Maio N/D 427

Abril 810 1.034

Março 1.050 1.143

Fevereiro 1.107 1.275

Janeiro 1.081 1.102

2020

Dezembro 1.743 1.300

Novembro 1.442 1.271

Outubro 1.159 1.041

Setembro 995 886

Agosto 1.091 1.118

Julho 1.310 1.131

(Por Escritório de Bogotá)

Quer receber notícias do 6 Minutos direto no seu celular? Estamos no Telegram (t.me/seisminutos) e no WhatsApp (https://6minutos.uol.com.br/whatsapp).