BUENOS AIRES (Reuters) – A safra de trigo de 2021/22 da Argentina deve atingir um recorde de 20,3 milhões de toneladas, disse a Bolsa de Grãos de Buenos Aires em um relatório nesta quinta-feira, citando produtividade maior do que o esperado como a razão para aumentar a previsão anterior de 19,8 milhões de toneladas.

O recorde anterior para a colheita de trigo da Argentina foi de 19 milhões de toneladas na safra de 2018/19, de acordo com dados da bolsa.

A colheita do trigo começou no início deste mês, com 32,8% do total já realizado até agora, segundo a bolsa.

“Com o avanço das colheitadeiras no centro da área agrícola, a produtividade média passou para 2,4 toneladas por hectare. Diante dessa melhora nos rendimentos obtidos e esperados nas partes centro e sul do cinturão agrícola, a projeção de safra sobe para 20,3 milhões toneladas”, disse a bolsa.

(Reportagem de Maximilian Heath e Hugh Bronstein)

Quer receber notícias do 6 Minutos direto no seu celular? Estamos no Telegram (t.me/seisminutos) e no WhatsApp (https://6minutos.uol.com.br/whatsapp).