CAIRO (Reuters) – O presidente do Egito, Abdel Fattah al-Sisi, afirmou nesta terça-feira que chegou a hora de aumentar o preço do pão subsidiado no país, o que ocorreria pela primeira vez em décadas.

O valor atual do pão subsidiado é de 0,05 libra egípcia (0,0032 dólar), e 60 milhões de pessoas recebem cinco pães por dia sob o amplo programa de subsídios do país.

Sisi não disse em quanto o preço aumentaria, mas mudanças nas políticas de suporte alimentar são altamente sensíveis no país, onde a decisão de reduzir subsídios ao pão resultou em tumultos mortais em todo o Egito em 1977.

“É hora do pão aumentar de preço. Alguns podem me dizer para deixar isso para o primeiro-ministro, para o ministro do Abastecimento, mas não –farei isso diante do meu país e meu povo”, disse Sisi.

“É incrível vender 20 pães pelo preço de um cigarro”, acrescentou o presidente durante a cerimônia de inauguração de uma instalação de produção de alimentos.

O Egito é o maior importador de trigo do mundo.

“Não estou dizendo que vamos torná-lo significativamente mais caro, tão caro quanto o custo de produção… mas (aumentar o preço) é necessário”, disse Sisi.

“Nada fica estagnado assim por 20 ou 30 anos, com as pessoas dizendo que esse número não pode ser tocado”, acrescentou.

(Reportagem de Omar Fahmy)

Quer receber notícias do 6 Minutos direto no seu celular? Estamos no Telegram (t.me/seisminutos) e no WhatsApp (https://6minutos.uol.com.br/whatsapp).