O ministro da Economia, Paulo Guedes, disse nesta terça-feira (dia 21) que o pior inimigo do meio ambiente é a pobreza, porque pessoas destroem a natureza porque passam fome. As declarações foram feitas durante a participação do ministro no Fórum Econômico Mundial, em Davos, na Suíça, segundo o jornal Valor Econômico.

Mudanças climáticas têm sido o principal tema de discursos e painéis em Davos neste ano.

Veja a seguir outros temas abordados pelo ministro:

Abertura de mercado: Guedes afirmou que o governo pretende abrir o mercado de licitações públicas para empresas estrangeiras. “Você tem que saber o que quer. Quer ter as melhores práticas, receber os maiores fluxos de investimentos e se integrar às cadeias globais de negócios? Ou queremos continuar sendo 200 milhões de trouxas servindo a seis empreiteiras e seis bancos?”, questionou o ministro, ainda de acordo com o Valor.

Funcionalismo: O ministro disse que o congelamento de salários do funcionalismo público, iniciativa que consta em PEC (Proposta de Emenda à Constituição) encaminhada ao Congresso no fim do ano passado, é uma das maiores medidas do governo previstas neste ano para conter a escalada das despesas.

Ele afirmou que, com a iniciativa de congelamento perdurando por um ano ou dois, a situação fiscal será controlada. A PEC Emergencial ainda está em estágio inicial de tramitação no Congresso, que está em recesso.

Guedes citou a reforma da Previdência e a diminuição dos gastos com os juros da dívida como as outras duas maiores medidas de controle de despesas, ambas já implementadas no ano passado.

PIB em 2020: O ministro disse aque o crescimento econômico do Brasil deve ser de 2,5% neste ano. Oficialmente, o Ministério da Economia prevê alta de 2,4% para o Produto Interno Bruto.

(Com a Reuters e o Estadão Conteúdo)

Quer tirar suas dúvidas sobre o Imposto de Renda de 2021? Mande sua pergunta por e-mail (faleconosco@6minutos.com.br), Telegram (t.me/seisminutos) ou WhatsApp (https://6minutos.uol.com.br/whatsapp).