Os planos de saúde perderam 283 mil clientes nos meses de abril e maio, ou seja, em plena pandemia de coronavírus. Balanço divulgado hoje pela ANS (Agência Nacional de Saúde Suplementar) mostra que o número de clientes do setor passou de 47,114 milhões em março para 46,829 milhões em maio deste ano.

O que explica essa queda? Com certeza, o fator financeiro foi decisivo na redução de usuários de planos de saúde. Empobrecidas pela crise do coronavírus, as pessoas precisaram cortar gastos, como plano de saúde e escola particular. Isso aconteceu porque muita gente perdeu emprego ou teve redução de renda.

Algum dado chama atenção? O número de usuários de planos exclusivamente odontológicos caiu de 25,892 milhões em março para 25,373 milhões em maio, uma redução de 519 mil pessoas. Esse tipo de plano costuma ser mais resiliente à crise, pois é mais barato que o de saúde.

Quer receber notícias do 6 Minutos direto no seu celular? Estamos no Telegram (t.me/seisminutos) e no WhatsApp (https://6minutos.uol.com.br/whatsapp).