Se tem um setor que não sabe o que é crise (ou sente menos seus efeitos) é aquele que atende a parcela mais rica da sociedade. Essa máxima se repete na saúde privada, que viu encolher nos últimos anos o número de beneficiários dos planos corporativos em função do aumento do desemprego. A Care Plus, operadora de saúde com foco no segmento premium, vem crescendo em um ritmo de dois dígitos por ano, acima da média do mercado. Para 2019, a expectativa é crescer 16,5% e encerrar o ano com um faturamento de R$ 1,1 bilhão.

Por que esse avanço? O CEO da Care Plus, Luiz Camargo, diz que enquanto o setor vem crescendo cerca de 5% ao ano, a empresa tem tido um avanço de 15%. Segundo ele, o plano de saúde se tornou um diferencial na retenção de talentos.

“Depois da folha de pagamento, o plano de saúde é a segunda maior rubrica na equação de custo das empresas. Então já que a empresa tem que gastar, ela decide fazer isso de uma forma inteligente, escolhendo um produto diferenciado para seus funcionários”, disse ele ao 6 Minutos.

E quais são os diferenciais que a Care Plus oferece? Um deles, segundo Camargo, é a possibilidade de reembolso da consulta no mesmo dia. Isso acontece no caso em que o médico emite uma nota fiscal eletrônica. “A gente recebe essa nota e, dependendo do horário, o reembolso acontece no mesmo dia, amanhã no máximo.”

No caso de recibos de papel, o reembolso pode ser solicitado por meio de aplicativo, com uma foto do documento. Nesse caso, o reembolso pode levar até três dias.

Rede de hospitais e laboratórios de primeira já são oferecidos pela concorrência. O que vocês têm de diferente? Camargo afirma que a Care Plus lançou há 15 dias duas coberturas inéditas no setor: para doenças mentais e autismo.

“As internações psiquiátricas aumentaram quase 20%. As terapias e sessões de psiquiatria ou com psicólogos estão no rol da cobertura obrigatória da ANS, mas com limitações de atendimento. O que gente fez foi abolir essa limitação ao número de sessões ou consultas”, afirma o CEO da Care Plus.

Segundo ele, a empresa passou a oferecer também a cobertura cuidados da família, voltada para crianças com autismo ou síndrome de Down. “Essas crianças precisam de um atendimento multidisciplinar que é muito caro, chega a R$ 15 mil por mês. Estamos incluindo essas terapias na cobertura.”

E o que mais? Vocês oferecem seguro viagem aos segurados? Sim e com um valor maior que o do mercado. O segurado já sai do Brasil com um seguro viagem de US$ 300 mil. Hoje, a maior cobertura do mercado é de US$ 100 mil. O seguro oferece isso sem custo adicional nenhum”, diz o executivo.

Dá para contratar esse plano como pessoa física?  Não. A Care Plus só vende planos para empresas. Mas pode atender empresas de uma pessoa só.

Qual o valor do reembolso? Camargo diz que existem valores diferentes, que variam de acordo com o que cada empresa contratou para seus funcionários.

É muito caro? Ele não mencionou valores, mas dá para imaginar que o custo seja mais alto, já que as empresas que contratam os planos da empresa são, em sua maioria, multinacionais.

Luiz Camargo, CEO da Care Plus
Crédito: Divulgação

Quer tirar suas dúvidas sobre o Imposto de Renda de 2021? Mande sua pergunta por e-mail (faleconosco@6minutos.com.br), Telegram (t.me/seisminutos) ou WhatsApp (https://6minutos.uol.com.br/whatsapp).