SÃO PAULO (Reuters) – A Petrobras postergou a previsão de início de produção do campo de Mero 1 para o primeiro trimestre de 2022, ante estimativa anterior para o último trimestre de 2021, após um atraso nas obras do FPSO Guanabara.

“O FPSO está em conversão na China e em função do cenário de pandemia da Covid-19 houve atraso nas obras da unidade, com consequente ajuste no cronograma”, disse a estatal em comunicado nesta quarta-feira.

(Por Luciano Costa)

Quer tirar suas dúvidas sobre o Imposto de Renda de 2021? Mande sua pergunta por e-mail (faleconosco@6minutos.com.br), Telegram (t.me/seisminutos) ou WhatsApp (https://6minutos.uol.com.br/whatsapp).