Com o aumento dos preços de matérias-primas essenciais para a produção de ovos de Páscoa, os especialistas em produção caseira apostam que este será o ano dos ovos de tamanhos menores, de no máximo 350 gramas, e mini ovos para conseguir lucro com o feriado.

“Acho que as pessoas vão investir menos do que nos outros anos porque não estão com dinheiro sobrando”, afirma Berenice Rodrigues, confeiteira há 14 anos. Por isso, o foco da produção de Rodrigues será ovos de 50 a 100 gramas, ovos no copo e aqueles decorados com personagens infantis.

Uma das apostados dos produtores são nos mini ovos recheados no copo. “Neste caso, vale a pena caprichar na embalagem, que acaba impressionando mais do que o produto em si”, diz a gerente de comunidade do Elo7, Nathália Raggi.

Passar a sensação de aconchego ao cliente é palavra de ordem para este ano. “Enviar uma mensagem do coelhinho da Páscoa no ovo pode ser interessante. É uma demonstração de cuidado que as pessoas estão precisando”, afirma o chef pâtisserie da Le Cordon Bleu Caio Correia.

Tendências de anos anteriores que vão seguir fortes:

  • Ovos com mais de 50% de cacau. Raggi diz que a tendência segue em alta com clientes cada vez mais focados em opções gostosas e mais saudáveis;
  • Ovos de colher, apostando na criatividade para os recheios. Este é o campeão de buscas no Elo7 há pelo menos dois anos;
  • Ovos infantis, decorados com personagens do momento;
  • Ovos veganos, produzidos com leites vegetais ou sem nenhum tipo de leite. “No mercado tradicional, a gente custa a encontrar um produto bom para esse público. Produzir ovos caseiros com estas características é bastante vantajoso”, afirma a especialista em confeitaria Tabata Romero;
  • Ovos 3D, principalmente em formato de cacau, coração, diamante e coelho;
  • Kit confeiteiro para crianças. Neste caso, o ovo vem aberto com duas ou três bisnagas de recheios para que o presenteado possa fazer a montagem em casa.

O ovo de Páscoa caseiro vai ficar mais caro? Vai. Segundo a prévia da inflação de fevereiro, divulgada pelo IBGE, o leite e chocolate, itens básicos para a produção, estão pesando mais no bolso dos brasileiros. Os dados consideram a variação dos preços nos últimos 12 meses:

  • Leite longa-vida: 24,93%
  • Chocolate em barra e bombom: 6,84%
  • Leite condensado: 16,13%
  • Açúcar: 16,99% (refinado) e 21,84% (cristal)

Romero diz que é impossível vender neste ano sem aumentar os preços dos ovos. “A saída é dar duas opções ao cliente: o ovo do tamanho tradicional, com o valor reajustado, ou oferecer uma versão reduzida, com preço mais em conta”, afirma Romero. Neste ano, a especialista diz que um ovo caseiro de 350 gramas deve custar, em média, R$ 40 – R$ 10 mais caro do que o cobrado em 2019.

Qual o papel do delivery nesta Páscoa? “Esse ano vai ser a Páscoa do delivery”, diz Romero. A especialista conta que já comprou alguns produtos por aplicativo e também vê o Whatsapp como aliado aos vendedores. A chegada do Pix, por exemplo, vai facilitar os pagamentos para os confeiteiros.

Quem optar por entregar os produtos na casa dos clientes, seja por aplicativo de delivery ou contratando uma empresa para fazer o trabalho, deve apostar em um serviço de qualidade, mesmo que isso signifique reduzir o raio de entrega. “Os produtos de Páscoa precisam chegar inteiros até o consumidor, não podem quebrar ou derreter no meio do caminho”, afirma Raggi.

Como ganhar dinheiro com a Páscoa?

“O mercado de ovos caseiros vai estar saturado este ano, porque muitas pessoas precisam de renda e devem partir para este ramo. O confeiteiro precisa de um diferencial”, afirma Correia. As chaves para o sucesso são apostar em divulgação – em redes sociais, marketplace e no boca a boca -, em fotos de qualidade e, claro, em um produto gostoso. Veja dicas dos especialistas ouvidos pelo 6 Minutos:

  • Mantenha a organização e não tente abraçar o mundo. Saber o próprio limite de produção é importante para que tudo dê certo e nenhum cliente fique na mão;
  • Divulgue fotos do produto dentro e fora da embalagem;
  • Na hora das fotos, prefira lugares bem iluminados e com fundo neutro para valorizar o ovo de Páscoa;
  • Não crie um prazo de produção muito longo: a maior parte dos consumidores deixa para fazer as compras de última hora e pode se assustar com o prazo de entrega;
  • Escolha ingredientes com boa qualidade, que nem sempre vão ser os mais baratos. Os clientes que buscam ovos artesanais normalmente esperam por uma qualidade superior aos itens vendidos no mercado;
  • Entenda sobre sua matéria prima. Estudar sobre chocolate, seu manuseio e temperagem são importantes para ter um resultado de qualidade;
  • Ofereça produtos personalizados, em que é possível colocar o nome da pessoa que vai ser presenteada ou fazer outras alterações pedidas pelos clientes.

Quer tirar suas dúvidas sobre o Imposto de Renda de 2021? Mande sua pergunta por e-mail (faleconosco@6minutos.com.br), Telegram (t.me/seisminutos) ou WhatsApp (https://6minutos.uol.com.br/whatsapp).