O protocolo de funcionamento do Secovi-SP (Sindicato da Habitação de São Paulo) entregue para a Prefeitura de São Paulo dá uma ideia do que será o novo normal do setor. Entre as mudanças está a redução de horário de atendimento, restrições para visitas e fim das comidinhas oferecidas nos locais de venda.

O setor de atividades imobiliárias faz parte daqueles que poderão retomar suas atividades em junho, desde que seu protocolo de funcionamento seja aprovado pela Vigilância Sanitária.

Quando esse setor deve voltar a funcionar? Os setores incluídos na fase 2 do plano de reabertura do Estado de São Paulo estão liberados desde 1º de junho. Mas na cidade de São Paulo, o funcionamento deve ser retomado após 15 de junho, após aprovação do protocolo.

O que o protocolo do Secovi prevê? O protocolo é dividido por segmentos: escritórios e estandes imobiliários. Há coisas em comum nos dois:

  • Funcionamento máximo de quatro horas seguidas;
  • Redução da capacidade de colaboradores na atividade presencial a 20%;
  • Distanciamento mínimo de 2 metros entre elas.

Mas as visitas? O protocolo orienta que as visitas só sejam realizadas após agendamento, com a limitação de uma família por vez. Todas as pessoas que entrarem no estande, incluindo visitantes, deverão usar máscaras, higienizar as mãos e ter a temperatura medida.

Alguma outra mudança? A recomendação é que não sejam servidos alimentos no interior dos estandes de vendas e imobiliárias. E que não seja disponibilizado serviço de manobrista. Os brindes devem ser embalados para uso exclusivo dos clientes.

 

Quer receber notícias do 6 Minutos direto no seu celular? Estamos no Telegram (t.me/seisminutos) e no WhatsApp (https://6minutos.uol.com.br/whatsapp).