SÃO PAULO (Reuters) – A Eletrobras, maior elétrica da América Latina, tem tudo para liderar um movimento de transição energética, que envolve novas tecnologias e investimentos, mas para isso precisa estar capitalizada, o que reforça a importância do processo de privatização da empresa, disse o novo presente da companhia, Rodrigo Limp, em cerimônia de posse.

“Para que a Eletrobras consolide sua liderança no setor, para que seja protagonista na expansão do setor elétrico brasileiro, a companhia precisa estar capitalizada, com capacidade de investimento e ter competitividade frente a outros agentes… Neste sentido é muito importante avançarmos no processo de capitalização da Eletrobras”, disse Limp.

(Por Roberto Samora)

Quer receber notícias do 6 Minutos direto no seu celular? Estamos no Telegram (t.me/seisminutos) e no WhatsApp (https://6minutos.uol.com.br/whatsapp).