A pandemia de coronavírus trouxe ganhos para a Netflix. Afinal, as pessoas estão ficando mais tempo em casa e uma das poucas diversões à disposição são os serviços de streaming.

Qual o efeito disso para a empresa? No primeiro trimestre, a Netflix viu aumentar consideravelmente o número global de assinantes – em 15,8 milhões, para um total de 182,9 milhões. O impulso ocorreu na esteira da crise do coronavírus, que deixa grande parte da população mundial em casa, sem grande oferta de entretenimento que não os serviços de streaming.

Para o segundo trimestre, a expectativa é de novo aumento – de 7,5 milhões, para 190,4 milhões de assinantes. No guidance, a empresa espera subida da receita a US$ 6,05 bilhões e lucro por ação de US$ 1,81.

E como ficou o resultado financeiro? A Netflix teve lucro líquido de US$ 709 milhões no primeiro trimestre de 2020, informou a companhia nesta terça, 21. Na contabilidade por ação, a empresa lucrou US$ 1,57 – abaixo, portanto, da expectativa de US$ 1,63. No período, a provedora de streaming acumulou receita de US$ 5,77 bilhões.

 

Quer receber notícias do 6 Minutos direto no seu WhatsApp? É só entrar no grupo pelo link: https://6minutos.uol.com.br/whatsapp.