O CNSP (Conselho Nacional de Seguros Privados) decidiu nesta terça-feira (29) que não haverá cobrança da taxa do DPVAT em 2021, que é um seguro obrigatório utilizado para a indenização de vítimas de acidentes de trânsito.

Apesar da isenção, a Susep (Superintendência de Seguros Privados) garantiu que as indenizações vão continuar sendo pagas, porque existe “capacidade técnica e operacional para assumir o DPVAT”.

O TCU (Tribunal de Contas da União) emitiu uma decisão nesta terça para que o Conselho e a Susep tomem as medidas necessárias para garantir o funcionamento do seguro.

Quer tirar suas dúvidas sobre o Imposto de Renda de 2021? Mande sua pergunta por e-mail (faleconosco@6minutos.com.br), Telegram (t.me/seisminutos) ou WhatsApp (https://6minutos.uol.com.br/whatsapp).