As vendas de produtos usados na limpeza da casa dispararam na quarentena. Não é para menos. A pandemia de coronavírus despertou nas pessoas uma preocupação com a saúde e higiene. Por isso, ações como limpar, desinfectar e sanitizar o ambiente viraram rotina na maioria dos lares.

Como esse comportamento afetou o consumo? As vendas subiram, é claro. A Abralimp (Associação Brasileira do Mercado de Limpeza Profissional) diz que dados não oficiais apontam para um aumento de até 30% nas vendas de equipamentos de limpeza como vassouras, rodos e mops.

“Com o atual cenário, está clara a mudança dos hábitos de consumo da população em relação a limpeza e segurança dentro de casa”, afirma Aguinaldo Fantinelli, diretor-geral da Bettanin, dona da marca Noviça e Brilhus.

Outro exemplo desse avanço é o sucesso do aspirador robô, o eletrodoméstico com maior aumento de vendas de todo o ano de 2020, segundo a consultoria GfK. Em segundo lugar, aparece o aspirador tradicional. Ou seja, todo mundo quer aspirar a sujeira.

“Tudo que está relacionado à limpeza teve aumento de vendas”, diz Alexandre Oderich, conselheiro da Abralimp.

O que as empresas estão vendendo mais? O 6 Minutos fez essa pergunta para a Bettanin e para a Condor, fabricantes de produtos para limpeza.

A Bettanin cita o crescimento nas vendas de esponjas, panos, luvas, wipes e mops. “Foi possível notar o aumento da procura por produtos que tornam o momento da limpeza mais prático e eficiente, principalmente por aqueles que passaram a ter contato mais próximo com este universo agora”, diz Fantinelli.

“Em abril e maio, registramos um aumento importante no consumo de panos, mops, vassouras, escovas e esponjas para lavar”, diz Vanessa Ribeiro Gonzalez, coordenadora de marketing de produtos da Condor.

O que está por trás dessa febre? É a preocupação com a higienização da casa, que ficou maior na pandemia. “O consumidor está com atenção redobrada na limpeza, limpando com maior frequência. Tudo isso está impactando na compra do que tem a ver com a desinfecção e higienização da casa, da roupa, do sapato”, afirma Fábio Santoro, vice-presidente da Dotz, programa de fidelidade do varejo.

Quer um exemplo? Os gastos com álcool subiram 122% na pandemia, segundo dados da Dotz.

 

Mas o que é mais eficiente na limpeza? Com tantos produtos à disposição, fica até difícil escolher como limpar a casa com mais eficiência. Por isso o 6 Minutos perguntou para a Abralimp qual produto era mais eficiente nessa higienização. A resposta é que depende de quanto se quer gastar, de como gosta da limpeza e como cuida disso.

Mas uma coisa é certa: é preciso evitar levantar a sujeira. É que varrer a casa a seco, por exemplo, levanta partículas de sujicidade no ar. Uma alternativa é usar um pano molhado na vassoura.

Vassoura

Vassoura deve ser usada com pano molhado/Crédito: Shutterstock

Outra alternativa econômica é o velho conhecido rodo com pano molhado. Produz o mesmo efeito da vassoura com pano.

Mas o que está fazendo sucesso mesmo nesta pandemia é o mop. E se você pensa que existe apenas um tipo está redondamente enganado. Existem mops de várias marcas e preços. Alguns possuem jatos d’água, o que já economiza o trabalho de passar pano.

“Os mops estão em alta porque oferecem rapidez para limpar diferentes superfícies e evitam o contato da mão com a sujeira”, diz Vanessa, da Condor.

Mop

Mop ganha versões com jato d’água/Shutterstock

Gastando um pouco mais, dá para comprar um aspirador convencional. Ele vai sugar a sujeira sem levantá-la. Mas vai exigir o trabalho de passar o pano depois.

Para quem pode fazer um investimento maior, o aspirador robô está aí para ajudar na limpeza da casa. Alguns prometem até passar pano. O problema é que alguns robôs não conseguem escanear a área e, por isso, não ‘enxergam’ a sujeira que está do seu lado. Também há reclamações sobre a baixa duração da bateria.

Aspirador robô

Aspirador robô é o fenômeno de vendas do ano/Crédito: Shutterstock

O que fica disso no pós-pandemia? As empresas acreditam que a mania de limpeza veio para ficar. “Os hábitos de limpeza diária com a casa serão prioridade, pois teremos uma população mais consciente”, afirma Fantinelli.

Que produtos novos vêm por aí? A Condor aposta no avanço de produtos para limpeza de áreas específicas, como vassouras para canto, esponja para grelhas e pano para vidros e eletrônicos.

A Bettanin diz que depois de ter lançado o primeiro mop 100% produzido e desenvolvido em território nacional, desenvolveu depois versões para ambientes compactos e o mop spray. “Também ampliaremos nossa linha de wipes”, afirma o executivo.

Quer receber notícias do 6 Minutos direto no seu WhatsApp? É só entrar no grupo pelo link: https://6minutos.uol.com.br/whatsapp.