PEQUIM (Reuters) – Os contratos futuros do minério de ferro de referência da China subiram nesta sexta-feira para registrar sua quarta semana consecutiva de ganhos, enquanto o vergalhão de aço e a bobina a quente avançaram com o maior consumo.

As taxas de utilização da capacidade em 247 altos-fornos na China subiram para 92,28% esta semana, a maior desde meados de dezembro, mostraram dados da consultoria Mysteel, apesar das restrições ambientais em Hebei limitarem parte da produção.

O contrato futuro do minério de ferro mais negociado na Dalian Commodity Exchange, para entrega em maio, terminou com alta de 1,7%, a 1.151 iuanes (177,87 dólares) por tonelada. Ele subiu 3% esta semana e marcou o maior ganho mensal desde julho de 2020. Os preços spot do minério de ferro com 62% de teor de ferro para entrega à China subiram mais 1 dólar para 175,50 a tonelada na sexta-feira, de acordo com a consultoria SteelHome.

O vergalhão de aço para construção avançou 0,1%, para 4.677 iuanes por tonelada, e os futuros de bobinas a quente aumentaram 0,3% para 4.887 iuanes por tonelada no fechamento.

Os contratos encerraram o mês com alta de 9,6% e 11,3%, respectivamente.

(Reportagem de Min Zhang e Shivani Singh)

Quer tirar suas dúvidas sobre o Imposto de Renda de 2021? Mande sua pergunta por e-mail (faleconosco@6minutos.com.br), Telegram (t.me/seisminutos) ou WhatsApp (https://6minutos.uol.com.br/whatsapp).