Por Julie Ingwersen

CHICAGO (Reuters) – Os contratos futuros de milho, trigo e soja negociados em Chicago atingiram máximas de vários anos nesta quinta-feira, à medida que preocupações com o aperto nas ofertas globais de grãos desencadearam coberturas de vendidos e compras por fundos, disseram analistas.

Os futuros do milho com vencimentos mais próximos terminaram a sessão no limite diário de alta, de 25 centavos de dólar.

O primeiro contrato do trigo superou a marca de 7 dólares por bushel e a soja bateu os 15 dólares, ambos pela primeira vez desde 2014.

O milho, que já havia ultrapassado os 6 dólares neste mês, atingiu o maior nível desde 2013.

O contrato julho do milho fechou em alta de 25 centavos, a 6,3150 dólares por bushel. O vencimento julho do trigo avançou 35,50 centavos, para 7,1050 dólares/bushel. A soja para julho teve ganho de 34,75 centavos, a 15,1425 dólares o bushel.

“Estes mercados estão amplamente sobrecomprados e prontos para uma correção, mas ninguém quer se colocar à frente desse trem até o impulso mudar”, disse o economista-chefe de commodities da StoneX, Arlan Suderman, em nota a clientes.

(Reportagem adicional de Gus Trompiz, em Paris, e Naveen Thukral, em Cingapura)

Quer tirar suas dúvidas sobre o Imposto de Renda de 2021? Mande sua pergunta por e-mail (faleconosco@6minutos.com.br), Telegram (t.me/seisminutos) ou WhatsApp (https://6minutos.uol.com.br/whatsapp).